---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Procon
Procon de Gaspar divulga pesquisa de preço em combustíveis

Publicado em 29/06/2020 às 17:32 - Atualizado em 29/06/2020 às 17:32


Créditos: Arquivo PMG Baixar Imagem

A Prefeitura de Gaspar, por meio da Superintendência da Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Procon) realizou entre os dias 24 a 26 de junho uma pesquisa de preços de combustíveis. A análise abrange 16 estabelecimentos do município e contemplou três formas de pagamento, sendo elas dinheiro em espécie, cartão de débito e cartão de crédito. A pesquisa engloba o Etanol, Diesel Comum, Diesel S10, Gasolina Comum e Gasolina Aditivada.

O menor preço encontrado na gasolina comum foi de R$ 3,849, enquanto a gasolina aditivada R$ 3,849, etanol R$ 3197, diesel comum R$ 2,859 e o diesel S10 o menor preço encontrado foi de R$ 2,899. A maior variação de preço encontrado foi no litro de Etanol, o consumidor que pesquisar, poderá economizar 18%, em seguida a gasolina aditivada com uma variação de 10,05%, o diesel S10 com uma diferença de 9,38% e o diesel comum com 7,74% e por fim a gasolina comum com uma variação de preço de até 5,84%.

O Procon recomenda que o consumidor, além de sempre pesquisar o preço mais acessível, compare o preço com a qualidade no atendimento e prestação dos serviços oferecidos pelos estabelecimentos comerciais.

Conforme explica o Superintendente do Procon de Gaspar Thiago Fellipe Zardo Machado há uma Lei 13.455/2.017 que regulamenta a prática de preços nos estabelecimentos comerciais. “A partir desta lei é oportunizado ao fornecedor que pratique preços diferenciados em razão do instrumento de pagamento utilizado pelo consumidor, por isso, temos hoje no mercado preços diferentes para pagamentos à vista, com dinheiro em espécie, cartão de débito e com cartão crédito” explica. Thiago ainda ressalta a importância de pesquisar o preço e levar em consideração o atendimento e a qualidade do produto.

O órgão realiza mensalmente a pesquisa de combustíveis e também a de produtos nos supermercados do município. A ação tem caráter informativo e visa mostrar ao consumidor que é importante pesquisar antes de comprar, além de informá-lo de seus direitos caso seja vítima de prática abusiva.

O Procon mantém o atendimento de denúncias via telefone 199 ou pelo WhatsApp 99930-3212 no período das 8h às 12h e das 13h às 17h. Após o período de orientação, a vistoria acontece mediante denúncia e fiscalização.

Confira a pesquisa completa em anexo.