---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Saúde
Saúde de Gaspar recebe emenda parlamentar de R$100 mil

Publicado em 05/12/2019 às 17:32 - Atualizado em 05/12/2019 às 17:32

Policlínica Municipal
Créditos: Arquivo PMG Baixar Imagem

Nesta segunda-feira, dia 02, o Município de Gaspar foi contemplado com R$100 mil para investimentos na área da saúde. A verba, proveniente de emenda parlamentar do Senador Dário Berger, será empregada na contratação de mais cotas de exames laboratoriais.

Os exames laboratoriais são realizados de forma terceirizada pela Prefeitura. Existem cotas mensais com as empresas que prestam esse serviço, que são divididas por unidade de saúde conforme o número de pacientes. O número de cotas é definido conforme demanda de cada unidade.

Para os casos de urgência e emergência, onde há suspeita iminente de alguma doença, conforme avaliação médica, não há filas. “Nesses casos, os exames são encaminhados de imediato”, explica o diretor geral de controle, avaliação, regulação e auditoria Ramires dos Santos.

O profissional também ressalta que para os casos de exames de rotina, onde, de acordo com a avaliação médica, o paciente pode aguardar sem riscos, há necessidade de agendamento conforme as cotas disponíveis. “Em algumas unidades pontuais, pode haver um pouco mais de espera. E com o final do ano se aproximando, devemos levar em consideração que os laboratórios contratados para a realização dos exames entram em recesso de férias, o que diminui um pouco a cota desse período”, complementa.

O secretário de saúde José Carlos de Carvalho Júnior ressalta que a demanda dos exames é crescente no município. “Nos últimos meses houve o aumento de demanda em algumas unidades por conta da contratação de quatro novos médicos para o quadro da Secretaria. Como há mais médicos, mais consultas são feitas diariamente, e, consequentemente mais exames são solicitados”, explica.

A Prefeitura de Gaspar e a Secretaria de Saúde estão constantemente em busca de recursos para aprimorar os serviços prestados. Na Câmara de Vereadores há atualmente dois projetos de lei para suplementação de valores. Esses projetos tramitam na casa com o pedido de urgência do executivo. A Prefeitura aguarda a apreciação e liberação dos vereadores para poder investir os recursos e atender as demandas da comunidade.